quinta-feira, 16 de abril de 2009

Vendam o Flamengo

Leonardo, que foi um dos grandes jogadores do Flamengo, atuou na Seleção e no Milan, onde atualmente trabalha como manager, deu entrevista ao Globo de hoje, sensacional. A todo instante alguém do Flamengo liga contando das confusões e apelando para que se candidate a Presidente. Leonardo é enfático: nunca serei Presidente do Flamengo na estrutura atual. Realmente, é um escândalo sem precedentes, alguém conseguir quebrar uma marca como a do Flamengo. É preciso exemplar incompetência, burrice e má fé para conseguir o que conseguiram as últimas diretorias do clube. Leonardo disse o que se sabe: só vai mudar no dia em que venderem o Flamengo. Vender ou licenciar a marca para uma empresa de responsabilidade para que ela passe a gerir o clube e lentamente conseguir soergue-lo. Como está, impossível. Aí, pensei em Remo e Paysandu. Também só têm esse jeito.

Um comentário:

Circuito Cultural Paraense disse...

Aproveito este espaço para divulgar o blog do Circuito Cultural Paraense, ação estadual que acontece por meio da Secretaria de Estado de Cultura.