quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Cafonice na Cultura

Também sou daqueles que acham que deve haver irregularidades na gestão do Hangar. Mas enquanto não tiver provas reveladas, nada é possível afirmar. É absolutamente cafona a atitude do atual Secretário de Cultura, em mandar peritos, polícia, mequetrefes para vistoriar e receber o Centro de Convenções. Coisa de gente cafona, doida por um escândalo, no qual é especialista e sempre encontra um repórter disposto a dar guarida a esse barulho. Acho que ele pensou em entrar com grande pompa e a diretora de lá, ao depositar a chave em Cartório, o enganou. Com que cara essa figura acorda e vai até o Hangar, entra com policiais e peritos, distribui panfletos, dá declarações. Parece coisa de quintal. O Hangar que tenha suas contas fiscalizadas por quem de direito. E o cara, aborrecidinho, enciumado de terem tomado conta de um brinquedo que ele julga ser seu, mas que é do povo e será administrado por ele transitoriamente, faz essa cafonice.

Um comentário:

Luiza Duarte Leão disse...

Não diria se tratar de cafonisse, mas de uma megalomania e gosto pelo "espetáculo". Não é surpresa, né?
Abraços.